jusbrasil.com.br
18 de Junho de 2021
    Adicione tópicos

    Ato Público cobra segurança nos fóruns do interior

    Ontem (27/01), por volta das 14 horas, o Coordenador Geral do Sindjustiça, Roberto Eudes, esteve no município de Tabuleiro do Norte para realizar, juntamente com os servidores daquela região, um manifesto pacífico para reivindicar segurança para o Fórum daquela comarca.

    O ato público serviu também para levantar a discussão sobre a real situação em que vive a maioria dos fóruns do interior, que não contam com policiais nem na hora do expediente normal de funcionamento.

    O manifesto foi destaque nos veículos de comunicação daquela região, no que contou com a cobertura da TV Jaguar, que entrevistou o Juiz da Comarca de Tabuleiro do Norte, Dr. Francisco Ireilton Bezerra Freire, e o Coordenador Geral do Sindjustiça, Roberto Eudes Fontenele.

    Em entrevista, Roberto Eudes destacou que a estrutura dos fóruns do interior está precária e que ataques dessa natureza vem se tornando comuns, o que põe em risco a segurança dos servidores que estão à serviço da comunidade. Roberto enfatizou ainda que o ato visa sensibilizar a população para o problema e cobra das autoridades competentes a tomada de medidas urgentes, sob pena da sociedade ser penalizada.

    O ato público contou com a presença de representantes de outros sindicatos da região do Vale do Jaguaribe.

    Hoje, a Presidência do Tribunal de Justiça já foi acionada via requerimento fundamentado pelo Sindjustiça, para que tome precauções urgentes no sentido de assegurar a tranquilidade de todos os trabalhadores da Justiça e dos jurisdicionados que procuram atendimento no fórum de Tabuleiro do Norte, providenciando a disponibilidade de policiais militares no fórum durante o expediente forense.

    Entenda o Caso

    Por volta das 20 horas do último dia 24/01 (sábado), o Fórum de Tabuleiro do Norte foi alvo de uma ousada ação de vandalismo e violência.

    Após fazer pichações nas paredes do Fórum, um jovem de 22 anos de idade ateou fogo na porta de entrada e ainda foi comemorar a ação em um bar, onde foi identificado e preso pela polícia de Tabuleiro do Norte.

    Incêndio Criminoso na Delegacia de Polícia Civil

    No mês de dezembro de 2014, outro incêndio foi registrado no pátio da delegacia de Tabuleiro do Norte, onde cerca de 250 motocicletas apreendidas pela Polícia foram incendiadas.

    As motos estavam no pátio da Delegacia da Cidade. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o incêndio foi criminoso e começou por volta das 0h.

    O fogo atingiu parte do prédio da delegacia, danificando os aparelhos de ar-condicionado. A eletricidade também foi prejudicada pelas chamas. Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) sobrevoou a região em busca de suspeitos pelo crime, mas ninguém foi preso.

    Mais detalhes sobre o ato público, clique aqui.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)